Um bom óleo essencial para problemas respiratórios é uma alternativa natural para ajudar nos tratamentos como rinite, bronquite e resfriados.

Aqui neste artigo da Atavie, você vai encontrar dicas de óleos essenciais para tratar esses e demais problemas respiratórios.

Afinal, com a chegada do outono e inverno as crises e problemas respiratórios ocorrem com mais frequência por conta da baixa temperatura e tempo seco.

Por isso, uma dica de tratamento é a aromaterapia, que tem se mostrado bem eficaz no tratamento de doenças.

O uso de óleo essencial para problemas respiratórios ajuda a dilatar as vias respiratórias. Isto é, permitindo que o ar passe tranquilamente dando conforto na hora de respirar e consequentemente trazer mais relaxamento para o dia a dia.

Óleo essencial para problemas respiratórios – Conheça os principais tratamentos

Óleo essencial para problemas respiratórios

O tratamento com óleo essencial para problemas respiratórios ajuda a aliviar os sintomas como tosse, nariz congestionado e combate aos vírus causadores de gripes e resfriados.

Essa alternativa de medicina natural contribui para o fortalecimento do sistema imunológico que permanece afetado por conta de problemas respiratórios como sinusite, bronquite e entre outros.

Se você está procurando um óleo essencial para tratamento de asma, bronquite, rinite, sinusite, resfriados e tosse seca, acompanhe as dicas que selecionamos para esses problemas de saúde.

Óleo essencial para sinusite

Os óleos essenciais para sinusite ajudam a descongestionar a região através dos seus efeitos analgésicos, aliviando as dores de cabeça que são um dos principais sintomas da sinusite.

A sinusite nada mais é do que uma inflamação das mucosas do rosto, acumulando secreções ao redor do nariz, maçã do rosto e nos olhos. Os sintomas são bem desconfortáveis e geram dores na face, coriza nasal, febre, tosse e cefaléia.

Entre os óleos essenciais para problemas respiratórios como a sinusite estão o óleo de eucalipto, que favorece a função analgésica e anti-inflamatória.

Além disso, outros óleos essenciais também tratam a sinusite. Como por exemplo, manjerona, hortelã-pimenta e a lavanda que tem a função de relaxamento em seu composto.

Óleo essencial para rinite

Ao contrário da sinusite, a rinite é caracterizada por uma inflamação nas mucosas do nariz, resultando em uma alergia intensa e, consequentemente, crises de espirros.

Entre os sintomas da rinite estão as crises de espirros, congestionamento nasal, coriza, tosse e coceira na garganta.

Para fluidificar o catarro, o óleo essencial de eucalipto globulus é mais indicado no tratamento de problemas respiratórios como a rinite.

Mas a lista de óleo essencial para problemas respiratórios não para por aí. Aposte também nos óleos essenciais de hortelã-pimenta, alecrim cineol e cânfora. Eles têm ações antissépticas e melhoram as vias respiratórias

Óleo essencial para bronquite

Entre os óleos essenciais para bronquite estão o eucalipto globulus, alecrim, hortelã-pimenta e melaleuca. O óleo essencial de melaleuca tem ação antimicrobiana que inibe o crescimento de bactérias, fungos e vírus no organismo.

Já o óleo de lavanda francesa, este também é bastante usado no tratamento em aromaterapia, principalmente, por suas propriedades calmantes. Saiba que no tratamento natural da bronquite ela tem ação antisséptica e combate a tosse.

A bronquite é uma doença respiratória que acomete os brônquios, causando um acúmulo de secreção que dificulta a respiração e causa inflamações. 

O uso de óleos essenciais ajuda para que as bactérias não se desenvolvam, podendo causar complicações como uma pneumonia.

Óleo essencial para asma

A asma é uma inflamação respiratória semelhante à bronquite. Porém, atinge tanto as vias aéreas inferiores como também a traquéia. O resultado são os sintomas como tosse seca, irritação na garganta, dificuldade para respirar e dor no peito.

Um dos efeitos mais desconfortantes nas crises de asma é a falta de ar que pode ser acompanhada de ataques de ansiedade e pânico. Por isso, o uso de óleos essenciais para relaxamento pode ser bem eficaz.

Entre os óleos essenciais para tratamento de asma estão o óleo de lavanda usado como calmante, hortelã- pimenta no combate às bactérias, eucalipto globulus com ação analgésica, capim-limão usado como antifúngico e óleo essencial de cravo-da-índia para tosse.

Óleo essencial para resfriados e gripes

Os óleos essenciais para resfriados e gripes são responsáveis por combater os vírus e bactérias presentes nas vias respiratórias. São responsáveis por aliviar as tosses, coriza, espirro e demais desconfortos.

Entre os óleos essenciais para problemas respiratórios estão os indicados para gripes e resfriados. Como por exemplo, o óleo essencial de eucalipto globulus, hortelã-pimenta que alivia a tosse e o óleo essencial de limão com propriedades antibacterianas.

Além disso, existe o óleo essencial de gengibre que é um potente anti-inflamatório e analgésico. Já o óleo de camomila e o tomilho ajudam no relaxamento e, respectivamente, aliviam as dores de garganta.

Óleo essencial para problemas respiratórios

Dicas para usar o óleo essencial para problemas respiratórios

Entre as dicas para usar o óleo essencial para problemas respiratórios estão o uso de difusores, inalação com tigela de água, massagens e muito mais. 

Você também pode fazer blends de óleos essenciais, já que existem variados tipos para tratar problemas respiratórios específicos.

Confira:

Inalação através de difusores

A inalação de óleos essenciais para o tratamento de problemas respiratórios é bem importante. Use através de difusores na aromaterapia.

Você pode fazer um blend de óleo de eucalipto globulus (2 gotas) com cânfora branca (3 gotas) diluídos em 3 ml de óleo de arnica e 7 ml de óleo vegetal de uva.

Você também pode pingar gotas de outros óleos essenciais para tratamentos respiratórios, mas sempre diluídos em óleo vegetal ou água.

Inalar em uma bacia com água

Principalmente em casos de sinusite, em uma bacia com água coloque algumas gotas de hortelã-pimenta com água quente. Depois cubra a cabeça com uma toalha para fazer a inalação dos óleos.

Repita o processo de inalação com outros óleos essenciais indicados para problemas respiratórios.

Pingar gotas no travesseiro

Outra maneira de fazer uso do óleo essencial para problemas respiratórios é pingando algumas gotinhas no travesseiro. Basta escolher o óleo essencial de sua preferência e aplicar no travesseiro quando estiver em repouso.

Uma dica é aproveitar os benefícios da lavanda que, além de relaxante, alivia os sintomas da gripe e resfriados.

Massagens no peito e costas

Aplique os óleos essenciais através de massagens relaxantes no peito e costas. Para isso, dilua com óleo vegetal e blends de óleos que não agridem a pele.

Conte com a Atavie para comprar seus óleos essenciais online.

Entregamos para todo Brasil.